2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica


Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos

O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa é que em 2024 os demais setores da economia comecem a reagir diante de um cenário de juros menores e da retomada dos investimentos em setores muito importantes como indústria, comércio e serviços. Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$ 11 bilhões, dados publicados pela Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança).

Leia mais:

https://www.cidadeconecta.com/noticias/desconto-no-iptu-2024-saiba-como-conseguir/embed/#?secret=DuJxRUTyh3#?secret=ku6Pb18Sd0

“É fundamental que as empresas do setor de segurança eletrônica estejam preparadas para essa possível retomada e prontas para capturar todas as oportunidades que surgirem”, avalia Claudio Gaspari, CEO da Veolink uma das principais integradoras em soluções e gestão em segurança eletrônica do Brasil.

Em 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma das mais potentes e completas disponíveis hoje no mercado brasileiro, bem como ampliou seus investimentos no Argos, um sistema completo de controle que pode ser aplicado tanto na gestão da segurança e sistemas de detecção de incêndio quanto na própria manutenção operacional das plantas dos clientes.

“Ao mesmo tempo, a Veolink ampliou suas alianças estratégicas com os principais fornecedores de soluções em nível mundial, trazendo a I.A. – Inteligência Artificial cada vez mais para o dia a dia dos nossos clientes, conseguindo assim significativas reduções de custos”, ressalta Gaspari.

Mercado de TI-Telecom

Em 2023, a Veolink ingressou oficialmente no mercado de TI/Telecom com investimentos na montagem de um time técnico especializado e na criação de parcerias com os principais fornecedores e distribuidores.

“Estamos aptos a oferecer ao mercado projetos inovadores nessas áreas, bem como venda de equipamentos, instalação e manutenção de parques novos e já existentes, incluindo também o retrofit do parque atual, uma das nossas especialidades”, completa Claudio Gaspari.

IA na segurança eletrônica

Uma das apostas para 2024 é o desenvolvimento, cada vez maior, de soluções baseadas na Inteligência Artificial. Na área de segurança eletrônica, a IA já vem sendo utilizada para desenvolver sistemas de vigilância inteligente, que utilizam algoritmos de aprendizado de máquina para identificar e alertar sobre atividades suspeitas ou comportamentos anormais em vídeos de monitoramento.

“Não só a inovação em si será decisiva para as empresas nos próximos anos, como também a velocidade com que essa inovação chegará para seus clientes. As empresas do nosso setor que não se reinventarem em ciclos cada vez mais curtos e não se atualizarem diariamente, muito provavelmente, não terão sucesso diante dos novos desafios que estão por vim, seja no Brasil ou no restante do mundo”, afirma Gaspari.

Claudio Gaspari também revela que a Veolink investirá, em 2024, no desenvolvimento de pessoas. “Nossa meta é investir pesado na qualificação de excelência, visando atender aos nossos clientes de uma forma cada vez mais assertiva. Sistemas gerenciais de primeira linha serão implantados, bem como expandiremos nossa atuação presencial com a nossa nova sede no Centro-Oeste”, finaliza Gaspari, mostrando otimismo com a empresa e com o cenário econômico.

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e

2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica

Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa

Mercado de segurança eletrônica projeta curva de crescimento em 2024 

Para o ano que vem, a aposta é que o setor cresça dois dígitos; CEO da Veolink está otimista e reforça investimentos da empresa em inovações tecnológicas Neste ano de 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma