Sonorização comercial: como escolher os equipamentos para seu negócio

Um sistema de som instalado nos ambientes da sua empresa nem sempre pode gerar a melhora na comunicação e na ambientação esperada. Quando os equipamentos sonoros são de baixa qualidade, o som pode soar muito alto ou muito baixo, além de produzir reverberações e ruídos que atrapalham na real função da instalação. Por isso, investir em um projeto eficiente de sonorização comercial, cria uma comunicação clara e uma boa experiência para o seu cliente. Comunicados de emergência, chamadas para funcionários, sonorização ambiente e até mesmo entretenimento são alguns tipos de utilidades para sistemas de  áudio-sonorização profissional. Muito usados em projetos integrados de arquitetura, esses sistemas possuem um vasto leque de elementos que devem ser definidos seguindo as condições específicas do local. Por isso, entenda a seguir a importância de contratar uma empresa especializada e como selecionar bons instrumentos para o seu plano de sonorização.

Como escolher os equipamentos para sonorização comercial?

Uma proposta de sonorização em um ambiente comercial é formado por alto-falantes, microfones e software de gerenciamento e controle, escolhidos a partir dos atributos do local e dos seus propósitos como cliente. Por exemplo, uma loja de roupas que deseja somente uma música de fundo em um único salão precisará de equipamentos distintos de um supermercado que precisa que suas chamadas para funcionários sejam audíveis em todo seu grande espaço único. É com a realização de uma avaliação técnica que se determina o tipo, a potência, a quantidade e o arranjo da aparelhagem de som ideal, podendo-se assim seguir para a escolha dos dispositivos.

Considerando esse aspecto do projeto, é muito importante a contratação de uma empresa especializada em sonorização comercial, pois só profissionais capacitados poderão dimensionar corretamente o seu projeto sonoro, evitando gastos em aparelhagem inadequada e qualidade de som inferior ao desejado. Tendo isso em mente, acompanhe a seguir algumas opções de alto-falantes e microfones à disposição no mercado para todas as finalidades e locais.

Opções de aparelhagem para sonorização de ambientes

Saber quais são os tipos e alternativas de equipamentos de som comerciais disponíveis para o seu projeto é importante para que você possa chegar a um bom resultado junto aos profissionais contratados para a realização do trabalho. Um sistema profissional tradicional contém os seguintes componentes:

Caixas de som

As caixas são os elementos encarregados de reproduzir o som original em salas, garagens, corredores e diversos outros lugares. Existem inúmeros modelos de caixas disponíveis e certas características e diferenças para levar em consideração no momento da escolha. Além de receber o sinal do áudio, os alto-falantes podem conter tecnologias para a melhora da dinâmica do som, cancelamento de ruídos ambientes e agendamento de mensagens pré-gravadas em seu armazenamento interno para reprodução automática.

Há também diferenças no tipo de instalação desejada. Caixas acústicas são modelos de auto-falantes presos à colunas ou paredes que, para um bom resultado, precisam ser colocadas de maneira uniforme pelo local. Já os auto-falantes que são encaixados no forro são conhecidas como arandelas e permitem uma emissão mais homogênea do som. Essa escolha influencia tanto o visual, quanto a qualidade sonora da instalação.

O endereçamento é outro aspecto relevante em sistemas de sonorização comercial. Com ele você pode determinar se o som deve ser reproduzido em um, alguns ou todos os alto-falantes disponíveis, uma propriedade essencial para realizar comunicados e instruções em espaços altamente setorizados, como em aeroportos, por exemplo.

Microfones

Na área da segurança, o microfone é geralmente uma ferramenta integrada a um painel ou controle de áudio, com botões que possibilitam ao operador a pronta seleção de qualquer ou quaisquer alto-falantes nos quais o som deve ser emitido. Porém, alguns fabricantes têm modelos portáteis e sem fio, que são bem úteis em ocasiões de emergência de segurança. Seja qual for o tipo escolhido, dê preferência a bons microfones, pois eles impedem que a clareza da voz captada seja prejudicada por barulhos no ambiente ou por distorções.

Software de controle e gerenciamento

O mercado tem adotado extensivamente soluções convergentes de segurança, fazendo o sistema de sonorização comercial cada vez mais aplicar protocolos como VOIP (Voice Over IP) e SIP (Session Initiation Protocol). Com esse objetivo, a utilização colabora não só com a telefonia doméstica e empresarial, mas também com a redução de gastos em soluções de segurança. Em posse do software de gerenciamento e controle ideal, o encarregado pela sonorização de segurança pode determinar procedimentos automáticos, configurar os instrumentos de áudio e acompanhar o seu funcionamento pelos mecanismos de auto-teste.

Se você pensa na sua sonorização comercial como um instrumento para a segurança do seu empreendimento, a solução da Veolink conta com integração a outros componentes, como o controle de acessos ou a detecção de incêndio. Dessa forma, ocorrências como um “lockdown” ou a localização de um foco inicial de incêndio, podem automaticamente reproduzir repetidamente um aviso pré-gravado, até que a emergência seja resolvida. A Veolink conta com profissionais capacitados para atender a sua demanda de sonorização de ambientes. Entre em contato com nossos especialistas e conheça todos os serviços que podemos oferecer para você e seu negócio!

Compartilhar esse post

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e

2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica

Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa

Mercado de segurança eletrônica projeta curva de crescimento em 2024 

Para o ano que vem, a aposta é que o setor cresça dois dígitos; CEO da Veolink está otimista e reforça investimentos da empresa em inovações tecnológicas Neste ano de 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma