A importância dos drones nos sistemas de vigilância

A tecnologia, como sabemos, é uma grande aliada quando se fala em sistemas de segurança patrimonial. A modernidade dos equipamentos que atualmente estão disponíveis no mercado é tamanha que, cada vez mais, eles oferecem soluções inovadoras que contribuem para a proteção de áreas residenciais e empresariais em áreas de diferentes extensões.

A primeira etapa de um sistema de segurança se dá através dos equipamentos utilizados para a detecção de intrusão, pois além de prevenir, este método se mostra eficiente na rápida resposta, reduzindo danos e oferecendo recursos variados para o monitoramento. Além da central de alarmes, de radares, sensores, infravermelhos e câmeras de vigilância que compõem um Circuito Fechado de TV (CFTV), este sistema pode contar com o auxílio dos drones, veículos aéreos leves pilotados de maneira remota. Com câmeras embarcadas – e, em alguns casos, recursos adicionais tais como microfones e alto-falantes –, estes equipamentos funcionam através de um controle remoto e oferecem uma visão privilegiada da área que se deseja monitorar, especialmente quando se trata de grandes perímetros. É uma excelente opção para indústrias, parques fabris e até mesmo campos agrícolas.

No entanto, é importante saber que esta tecnologia, apesar de oferecer grandes possibilidades no segmento da segurança patrimonial, deve ser utilizada somente em áreas permitidas, devendo sempre atentar para os regulamentos e as normas de uso. Por isso, não abra mão de uma consultoria especializada, na Veolink, nossos profissionais são qualificados e aptos a dar todo o suporte necessário na melhor escolha para a sua necessidade. 

Como funcionam os drones?

Diferente das aeronaves normais, os drones (também conhecidos pela sigla VANT, abreviação de Veículos Aéreos Não Trupulados) não necessitam de um piloto a bordo, podendo ser controlados remotamente e à distância. Utilizado para diferentes finalidades – até mesmo para o lazer e fotografias turísticas aéreas –, na segurança eles possuem papel fundamental e costumam ser utilizados no controle de fronteiras, combate ao desmatamento, detecção de focos de incêndio, controle de desastres ambientais, segurança agrícola, investigação policial, entre outros.

Os drones de vigilância, quando integrados a um sistema de segurança completo, podem oferecer ótimos resultados no que se refere à proteção perimetral, pois permitem a vigilância constante de uma ampla área. Dessa forma, é possível agir de maneira rápida caso seja observada qualquer anormalidade na região monitorada. 

Além de toda a praticidade oferecida pelos drones, eles também oferecem proteção para as próprias equipes de segurança. Como podem ser controlados remotamente e à distância, estes equipamentos permitem aos profissionais que permaneçam em um local seguro, minimizando os riscos de exposição em áreas de risco.

Como visto acima, os drones podem ser excelentes aliados em sistemas de segurança para a proteção patrimonial. Se você é gestor de uma empresa e precisa de soluções modernas e eficazes para a segurança do local, entre em contato com a Veolink. Nossos profissionais estão aptos a apresentarem as melhores opções para a sua necessidade.

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e

2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica

Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa

Mercado de segurança eletrônica projeta curva de crescimento em 2024 

Para o ano que vem, a aposta é que o setor cresça dois dígitos; CEO da Veolink está otimista e reforça investimentos da empresa em inovações tecnológicas Neste ano de 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma