Câmeras com sensor térmico para áreas de grande circulação

Saiba mais sobre as câmeras com sensores térmicos e sua aplicabilidade no controle do Coronavírus

Em tempos de Covid-19, alguns equipamentos de segurança também podem ser utilizados no monitoramento da população, com o intuito de frear o contágio. Trata-se das câmeras com sensores térmicos, ou câmeras termográficas, capazes de detectar temperaturas elevadas sem a necessidade de contato físico ou análise individual, sendo muito útil para áreas movimentadas nas grandes cidades. 

Embora seu uso tradicional esteja relacionado à segurança de indústrias, empresas e também à visão noturna, com o avanço da pandemia em todo o mundo as organizações de saúde encontraram neste dispositivo um meio inteligente e prático para a triagem em locais movimentados, principalmente aeroportos, pontos turísticos, terminais rodoviários e demais áreas públicas de alta circulação.

Como são desenvolvidas com sensores de sensibilidade extrema, as câmeras termográficas permitem a produção de imagens de calor ou infravermelho, mostrando as variações de temperatura de pele, mesmo que sejam mínimas. Suas imagens são produzidas praticamente em tempo real, o que permite que a avaliação seja feita rapidamente, em poucos segundos.

Alguns modelos oferecem funções secundárias, como alarmes, permitindo que um operador capacitado emita sons ou luzes sempre que julgar necessário. Por exemplo, se o limite de temperatura for excedido em determinada imagem, é possível realizar a triagem necessária para realizar novos testes nos indivíduos identificados com temperatura elevada. Esse mecanismo também oferece o reconhecimento fácil, fazendo a leitura individual mesmo em momentos de grande circulação.

É importante ressaltar que a temperatura da pele, sendo ela mais externa, não é necessariamente a mesma da corporal. No entanto, para o controle de áreas amplas e com grande fluxo de pessoas, o uso das câmeras com sensores térmicos é uma excelente escolha. Seu mecanismo é capaz de identificar áreas onde circulam indivíduos com temperaturas mais elevadas em relação a outros, oferecendo uma alternativa confiável para o controle do Covid-19.

Apesar de estar sendo utilizada em muitos estados brasileiros para o controle da propagação do novo Coronavírus, as câmeras com sensores térmicos são extremamente conhecidas no setor da segurança. Isso porque seu uso é muito comum em áreas onde se faz necessária a vigilância noturna, mesmo que não haja o mínimo de iluminação.

Através de seu sistema infravermelho, ela é capaz de captar imagens através do calor emitido pelo corpo humano (ondas eletromagnéticas). Também costumam ser utilizadas em operações especiais ou mesmo pelos militares, aplicadas em seus capacetes para que consigam ter uma visão diferenciada mesmo em espaços completamente escuros.

Em um passado recente, esses dispositivos apresentavam custo elevado no mercado. No entanto, em função da alta demanda mundial, atualmente podem ser adquiridos a valores bastante acessíveis. Consulte nossos especialistas e saiba mais sobre os modelos mais indicados para a sua necessidade.

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e

2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica

Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa

Mercado de segurança eletrônica projeta curva de crescimento em 2024 

Para o ano que vem, a aposta é que o setor cresça dois dígitos; CEO da Veolink está otimista e reforça investimentos da empresa em inovações tecnológicas Neste ano de 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma