Você sabe como funciona um sistema de detecção de intrusão?

Como sabemos, um sistema de segurança eficiente é composto por uma série de elementos que devem funcionar em sintonia, interligados e conectados a uma central de monitoramento. Entre os equipamentos utilizados, um dos principais é o de detecção de intrusão. Ou seja, trata-se de um sistema que funciona como barreira inicial, responsável por alertar a pessoa responsável ou a central caso ocorra a violação da área monitorada.

Entre os principais elementos deste sistema de detecção estão o infravermelho (passivo ou ativo), o radar, o LiDAR (radar a laser), o ultrassom, além dos detectores magnéticos e por fibra ótica. Com tantas opções disponíveis no mercado atualmente, cabe à empresa responsável pelo planejamento de segurança avaliar a área e identificar quais são os equipamentos mais indicados para cada situação. 

A solução ideal para a detecção de intrusos vai depender de diversos fatores que caracterizam a área a ser monitorada – essas informações são coletadas pelos profissionais com o intuito de entender o local e suas principais necessidades. O sistema pode ser composto, então, desde simples conjuntos de alarmes e cercas elétricas, no caso de espaços menores, casas ou apartamentos, até estruturas mais complexas e robustas, visando a proteção de áreas extensas, como as de grandes empresas e demais empreendimentos. Neste caso, além dos alarmes, podem ser utilizados sistemas de controle de acesso, barrando a entrada de pessoas não-autorizadas. 

Mas não é apenas na detecção que este sistema funciona, ele também é capaz de inibir ou desmotivar a entrada de pessoas mal-intencionadas na área protegida, evitando ações de risco, como roubos ou furtos. Este sistema pode ser instalado tanto em áreas internas de edificações, como também em perímetros externos, garantindo mais proteção para o local desejado. 

Ou seja, o sistema de detecção também possui como característica a prevenção, pois é capaz de inibir a ação de meliantes ou mesmo a entrada de pessoas não-autorizadas. Dessa forma, auxilia na redução de crimes na área monitorada, evitando prejuízos que poderiam acontecer caso esses equipamentos não fizessem parte do sistema geral de segurança. 

Porém, caso o sistema de detecção de intrusão não seja o suficiente para inibir ações criminosas, ele ainda possui um papel essencial na comunicação com a equipe responsável pela segurança do local. Através de sinais sonoros e/ou luminosos e um sistema integrado com a central de monitoramento, ele é capaz de informar em tempo real a presença de pessoas mal-intencionadas, violação da área, bem como a ocorrência de quaisquer outras situações de risco assim que elas venham a acontecer. Assim, tem-se uma resposta praticamente imediata da equipe de segurança, que pode agir a tempo e prevenir ou reduzir danos maiores.

Na Veolink, contamos com profissionais especializados em segurança, capazes de identificar as necessidades da sua empresa e propor o sistema mais adequado para a área que você deseja monitorar. Entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos sistemas de segurança!

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e

2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica

Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa

Mercado de segurança eletrônica projeta curva de crescimento em 2024 

Para o ano que vem, a aposta é que o setor cresça dois dígitos; CEO da Veolink está otimista e reforça investimentos da empresa em inovações tecnológicas Neste ano de 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma