Como compor uma solução ideal para detecção de incêndio?

Um sistema de detecção de incêndio é fundamental para manter a segurança em uma empresa. Isso porque, a qualquer sinal de fogo, é essencial contar com uma resposta rápida para minimizar danos ao patrimônio e, sobretudo, preservar a integridade de todas as pessoas presentes no local.

O primeiro passo para instalar um sistema adequado para detecção de incêndios é definir a área em que ele deverá ser instalado, analisando criteriosamente todas as características e restrições do local. Feito isso, um projetista especializado fará um estudo baseado nas informações coletadas, bem como em todas as normas e regulamentos aplicados. Assim, será possível propor uma combinação efetiva de sensores e centrais de detecção e alarme em incêndio.

Com este projeto também será possível determinar quais os equipamentos mais indicados para uso, além da definição do local ideal para a instalação dos mesmos. Assim, a comunicação com Corpo de Bombeiros local será mais efetiva e imediata em situações de emergência.

Entre os elementos que podem ser utilizados em um sistema de detecção de incêndios estão desde sensores e alarmes até sprinklers. Veja abaixo as características de cada um:

Central de alarme: este é o equipamento responsável pela interligação de todo o sistema. Através dele é que circulam as mensagens, alertando sobre situações ou mesmo efetuando o acionamento dos demais dispositivos utilizados no sistema.

Sensor de fumaça e temperatura: Este dispositivo, que funciona como um detector para alterações de temperatura ou presença de fumaça no ambiente, pode fazer toda a diferença em uma situação de incêndio. Isso porque, ele reconhece anormalidades através de pequenos sensores instalados na área monitorada. Em caso de fumaça ou aquecimento do local, imediatamente ele envia a informação através de seu circuito eletrônico, que irá acionar o alarme e possibilitar tanto a contenção de um possível incêndio, quanto a evacuação rápida e eficiente.

Acionador manual: Equipamento muito visto em espaços comerciais, shoppings e edifícios residenciais, o acionador consiste em um pequeno botão ou caixinha vermelha que, ao ser acionado, emite imediatamente uma mensagem para a central responsável pelo local. Ele funciona como um interruptor e deve ser acionado assim que for verificado o princípio de fogo, dessa forma, será possível tomar as medidas mais indicadas para proteção do local e das vidas presentes.

Sprinkler: Também visto em áreas comerciais e residenciais com circulação de pessoas, esse dispositivo é instalado no teto e fica responsável por descarregar água no ambiente em situações de fogo. Sua estrutura contém um bulbo termo sensível, reconhecendo o fogo através da elevação da temperatura no ambiente. Ao romper esse bulbo, o dispositivo libera água, se solta e cai no chão, sendo possível cobrir uma área de aproximadamente 16 m², conforme o modelo utilizado. Assim, ao optar pela instalação do sprinkler, é ideal verificar a metragem do ambiente para calcular quantos dispositivos serão necessários para a cobertura ideal do espaço.

Lembre-se de contar com a orientação de empresas e profissionais especializados na área para garantir a segurança necessária para a sua empresa. Além disso, mantenha em dia as manutenções preventiva e corretiva de todo o sistema de detecção de incêndio, assim seus equipamentos permanecerão em condições completas de funcionamento caso sejam acionados.

ARTIGOS RELACIONADOS

Lombada eletrônica educativa pode se tornar solução em condomínios residenciais

Alguns motoristas não respeitam o limite de velocidade imposto em vias públicas, e até em locais como os condomínios residenciais. No “Maio Amarelo” marcado por campanhas de alerta sobre acidentes no trânsito, a Veolink oferece uma solução para garantir a fiscalização e a conscientização. “A instalação de uma lombada eletrônica

Soluções inovadoras e customizáveis na mineração

Setor precisa de uma segurança especializada que ajuda na performance do negócio Minas Gerais e Pará são os maiores produtores de minério de ferro do país, portanto, são os Estados que mais receberão investimentos até 2028. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Mineração-Ibram- as empresas de mineração devem investir cerca

Sistemas de segurança apresentam boa performance na vigilância do Agro

O CFTV é uma das soluções disponíveis para a segurança do agronegócio A economia do Brasil é diversificada e uma das maiores do mundo. Baseada em setores como agricultura, indústria e serviços, o país possui uma grande variedade de recursos naturais, desde terras férteis e ricos depósitos minerais. A agropecuária

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),