Como o controle de acesso auxilia o trabalho do setor de RH?

Como o controle de acesso auxilia o trabalho do setor de RH?

 

Que o controle de acesso é um excelente recurso para a segurança de uma empresa todos sabem, mas você sabia que ele também pode colaborar para o trabalho do setor de recursos humanos? Isso mesmo! Esse sistema de segurança eletrônica vem sendo implementado pelas organizações a fim de facilitar a rotina burocrática e administrativa. Ao possibilitar um maior controle sobre os horários de entrada e saída, os profissionais de RH estão utilizando essa tecnologia a fim de garantir mais assertividade para o controle das jornadas de trabalho, horas extras e muito mais. 

 

Além de ser útil quando o assunto é segurança empresarial, o controle de acesso pode auxiliar na gestão de RH, otimizando todos os processos administrativos e coleta de informações. Através de sua função básica que é controlar o fluxo de pessoas, informando horários de entrada e saída, o sistema pode beneficiar o departamento de RH ao informar os horários que o funcionário entra e sai da empresa. Ou seja, ele pode ser utilizado para verificar as jornadas de trabalho, bem como as horas extras, facilitando os cálculos para a folha de pagamento.

 

Dessa forma, é possível garantir maior assertividade nos cálculos mensais, o que proporciona segurança tanto ao funcionário, quanto à empresa. Outro recurso interessante é a possibilidade de bloquear acessos, então, o profissional de RH pode solicitar o bloqueio da entrada de funcionários em férias e até mesmo dos colaboradores demitidos. 

 

Mais praticidade com o controle de acesso

 

Com o controle de acesso, também é possível controlar o acesso de visitantes, clientes e parceiros. Além disso, caso a empresa abra um processo seletivo, com entrevistas de candidatos e períodos de experiência de novos funcionários, é possível liberar o acesso temporário, determinando um prazo limite para que a entrada seja autorizada. Assim, pode-se garantir mais segurança e praticidade para a rotina de quem trabalha na recepção, visto que o cadastro dos visitantes já estará liberado. 

 

É importante lembrar que esses cadastros temporários devem ser realizados pelo departamento de RH, coletando todos os dados do indivíduo. Essas informações, apesar de parecerem básicas, oferecem mais segurança à empresa, lembrando que o período de validade para a liberação também deve ser incluído no registro. Ao término desse período, o acesso passará a ser negado automaticamente, evitando que pessoas não autorizadas possam acessar livremente as dependências da organização. 

 

Você sabia que o controle de acesso também pode ser utilizado no refeitório da empresa? Com o intuito de evitar aglomerações na hora da refeição, bem como a entrada de pessoas proibidas, esse recurso pode ser implementado de maneira prática e muito eficaz. Além disso, o controle de acesso auxilia o setor de RH a organizar os horários de almoço dos funcionários, a fim de distribuir de maneira homogênea a quantidade de pessoas por períodos de tempo. Dessa forma, é possível controlar a quantidade de pessoas no refeitório, bem como garantir mais qualidade, conforto e a disponibilização de quantidades adequadas de alimentos. 

 

Se você busca soluções modernas e seguras para a sua empresa e deseja saber mais sobre os dispositivos de controle de acesso, acesse o site da Veolink e confira todas as soluções que oferecemos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e

2024 será um bom ano para o mercado de segurança eletrônica

Em 2022, o setor de segurança eletrônica faturou R$11 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança; expectativa para este ano é  crescer dois dígitos O ano de 2023 foi muito desafiador para a economia em geral, com exceção do agro. Entretanto, a expectativa

Mercado de segurança eletrônica projeta curva de crescimento em 2024 

Para o ano que vem, a aposta é que o setor cresça dois dígitos; CEO da Veolink está otimista e reforça investimentos da empresa em inovações tecnológicas Neste ano de 2023, a Veolink investiu pesado em inovação tecnológica dos produtos próprios como a plataforma de gestão de acesso Nautilus, uma