Conheça a Tecnologia Como Serviço (TCS), solução para prestação de serviço em segurança eletrônica

Crédito: Divulgação/Veolink

A Veolink (empresa do Grupo Graber) inova mais uma vez, e disponibiliza ao mercado corporativo uma solução financeira, que possibilita o atendimento de problemas ou demandas tecnológicas nas áreas de segurança e Tecnologia da Informação (TI) de uma organização, sem investir seu capital em ativos que, muito rapidamente, se torna obsoleto. A ferramenta Tecnologia como Serviço (TCS) é considerada a nova solução de prestação de serviço, por meio de investimento mensal reduzido.

“Devido à escassez de capital e as altas taxas de juros, além de um cenário desafiador e cada vez mais competitivo em todos os mercados, é fundamental que as empresas utilizem seu caixa em investimentos relacionados ao seu negócio principal, como a modernização do seu parque fabril, de suas estruturas de atendimento, e até mesmo no treinamento de seus colaboradores, buscando assim maior produtividade e competitividade”, ressalta Agostinho Pirotello Neto, do Conselho de Administração da Veolink.

A Veolink oferece esta solução que inclui uma série de benefícios: a TCS. As empresas que optarem pela aquisição da solução terá análise de riscos da organização, que visa determinar quais atividades apresentam vulnerabilidade; análise de sistemas de segurança capazes de mitigá-las; elaboração de projeto de engenharia para implantá-los; plano de implantação e manutenção atuante, e plano de atualização tecnológica. Soluções que podem ser obtidas por meio de um pagamento mensal, sem desembolso significativo de capital.

“Esse modelo de cobrança mensal pode estar atrelado ou não a um rigoroso programa de manutenção preventiva e a um SLA de manutenção corretiva, que reduz drasticamente os tempos de indisponibilidade operacional do sistema, desencaixes vultosos de recursos e eliminação da obsolescência tecnológica, quando comparado ao tradicional modelo de aquisição dos ativos. Em suma, o cliente tem a possibilidade de adquirir o produto final de um sistema (sistema de CFTV, por exemplo)”, explica Agostinho Neto.

A Veolink disponibiliza, sem custo, a análise de um especialista em segurança que elabora o plano e oferece aos potenciais interessados essa opção. “Quando a indústria, por exemplo, compra um sistema, por um modelo convencional de aquisição, os sistemas entram como ativo em seu balanço. Quando a modalidade TCS é aplicada no balanço, temos o surgimento de uma despesa, o que é um fato contábil percebido como melhor, pois reduz o pagamento do Imposto de Renda”, explica Agostinho Neto.

Fonte: https://euclideseder.com.br/2023/05/23/conheca-a-tecnologia-como-servico-tcs-solucao-para-prestacao-de-servico-em-seguranca-eletronica/

ARTIGOS RELACIONADOS

Veolink é umas das empresas confirmadas para a Seg Summit 2024

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese), o setor de segurança eletrônica registrou faturamento acima de R$ 12 bilhões em 2023, com crescimento médio de 13,75% sobre os R$ 11 bilhões registrados em 2022. Esses números revelam o potencial desse mercado que vem

Lombada eletrônica educativa pode se tornar solução em condomínios residenciais

Alguns motoristas não respeitam o limite de velocidade imposto em vias públicas, e até em locais como os condomínios residenciais. No “Maio Amarelo” marcado por campanhas de alerta sobre acidentes no trânsito, a Veolink oferece uma solução para garantir a fiscalização e a conscientização. “A instalação de uma lombada eletrônica

Soluções inovadoras e customizáveis na mineração

Setor precisa de uma segurança especializada que ajuda na performance do negócio Minas Gerais e Pará são os maiores produtores de minério de ferro do país, portanto, são os Estados que mais receberão investimentos até 2028. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Mineração-Ibram- as empresas de mineração devem investir cerca

Sistemas de segurança apresentam boa performance na vigilância do Agro

O CFTV é uma das soluções disponíveis para a segurança do agronegócio A economia do Brasil é diversificada e uma das maiores do mundo. Baseada em setores como agricultura, indústria e serviços, o país possui uma grande variedade de recursos naturais, desde terras férteis e ricos depósitos minerais. A agropecuária