Vazamentos de dados pessoais e os riscos para a segurança

O ano de 2021 iniciou com dois grandes vazamentos de dados pessoais no Brasil. Um deles envolveu o vazamento de 223 milhões de CPFs, contendo dados de pessoas vivas e falecidas, como identidades e datas de nascimento. O outro revelou informações detalhadas de 140 milhões de pessoas, como telefone, formação acadêmica, salário, endereços e fotos. As informações ficaram expostas durante meses (ou até anos), e não é possível saber quantas vezes foram compartilhadas e vendidas.

 

Acontecimentos como esses não são fatos isolados. Isso porque os vazamentos de dados aumentaram 493% no Brasil, de acordo com uma pesquisa realizada recentemente pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). O mesmo levantamento mostrou que mais de 205 milhões de dados de brasileiros vazaram de forma criminosa em 2019. Considerando esse cenário, é possível afirmar que os vazamentos têm grande potencial de risco para a segurança dos indivíduos e das empresas.

 

Por isso, reunimos algumas informações que podem te ajudar a entender como se proteger. Confira!

 

Como evitar o vazamento de dados pessoais

Após a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) entrar em vigor, em setembro de 2020, o assunto voltou a ser bastante comentado no Brasil. Embora ainda não seja possível ter garantia de que se está protegido, algumas práticas podem contribuir para a segurança das suas informações e impedir o vazamento dos seus dados pessoais. 

 

Leia também: Sistemas de identificação biométricos: o futuro já chegou!

 

1) Proteção do e-mail

A primeira dica é bastante básica, mas o não cumprimento dela pode ser decisivo para que você caia em uma situação de risco. Por isso, é fundamental que você busque serviços de email de empresas reconhecidas pela segurança (como Gmail, por exemplo) e acesse suas contas apenas através de dispositivos confiáveis, de uso pessoal.

Lembre-se: assim como e-mail, outras plataformas e aplicativos que você for utilizar também devem passar por essa seleção minuciosa.

2) Criação de senhas seguras

Criar senhas fortes e difíceis também é fundamental. Quando for possível, utilize-se da grande variedade de letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Além disso, não repita suas senhas em outras contas. Cada conta deve ter a sua própria senha, pois, caso alguma seja violada, as demais estarão resguardadas. 

3) Autenticação de duas etapas

Caso você ainda não tenha ouvido falar, a autenticação de duas etapas está sendo cada vez mais recomendada como uma prática contra vazamento de dados pessoais. Isso porque ajuda a proteger as suas senhas de possíveis ataques. 

Essa autenticação funciona como uma camada adicional de segurança, pois, além da senha tradicional, você pode optar por outra forma de verificação, como um código a mais para garantir sua identidade. É possível utilizá-la com aplicativos de celular, como o Google Authenticator, por exemplo, o qual gera um código novo a cada login, dificultando o acesso de invasores.

 

Para ficar sempre atualizado sobre o universo da segurança, continue acompanhando o nosso blog

ARTIGOS RELACIONADOS

Soluções inovadoras e customizáveis na mineração

Setor precisa de uma segurança especializada que ajuda na performance do negócio Minas Gerais e Pará são os maiores produtores de minério de ferro do país, portanto, são os Estados que mais receberão investimentos até 2028. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Mineração-Ibram- as empresas de mineração devem investir cerca

Sistemas de segurança apresentam boa performance na vigilância do Agro

O CFTV é uma das soluções disponíveis para a segurança do agronegócio A economia do Brasil é diversificada e uma das maiores do mundo. Baseada em setores como agricultura, indústria e serviços, o país possui uma grande variedade de recursos naturais, desde terras férteis e ricos depósitos minerais. A agropecuária

Veolink implanta base avançada no Centro-Oeste

O agronegócio brasileiro vem em crescimento ano após ano, colocando o Brasil como uma das potências mundiais do setor e grande produtor e exportador de diferentes produtos, como celulose, café, soja, milho, carne bovina, açúcar e suco de laranja. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

Saiba quais as vantagens de um sistema de segurança customizado

O tema segurança nas indústrias é extremamente relevante, pois toda organização – independentemente do setor em que se encontra- precisa dela para operar bem. Desde grandes siderúrgicas, passando por empresas portuárias e de transporte, refinarias e até mesmo universidades precisam de um plano que minimize riscos aos seus funcionários e